quinta-feira, 17 de setembro de 2009

SAIR DAS DÍVIDAS OU EVITÁ-LAS FAZ PARTE DE UMA VIDA LIVRE

Liberdade Financeira Não Existe a Menos Que Você Saia das Dívidas

"O rico domina sobre o pobre; quem toma emprestado é escravo de quem empresta" (Provérbio 22:7 NVI).

Sair das dívidas precisa ser seu alvo número 1 a fim de que consiga viver uma vida próspera. Ninguém se torna próspero financeiramente estando devendo para todo mundo.

Aqui vão mais alguns conselhos para que você saia das dívidas, evite-as para nunca seja feito escravo delas.

Tente nunca pagar suas compras mensais com comida com cartão de crédito. É uma armadilha.

Pesquisas mostram que se você entrar numa loja para comprar com cartão de crédito, você comprará de 20 a 25% mais do que se você leva-se somente dinheiro vivo.

O cartão de crédito faz você acreditar que tem o dinheiro, quando na verdade você não tem.

Se eu fosse você, eu eliminaria esse cartão de crédito agora, antes que ele me elimine. Se não consegue controlar-se quanto ao uso de cartões de crédito, pegue uma tesoura corte-o ao meio e diga: Nunca mais serei escravo das operadoras de cartões ou bancos.

O que a dívida faz com você?

Traz estresse.

Traz crise aos relacionamentos familiares.

Causa pânico.

Causa falta de foco nas coisas importantes.

Limita suas conquistas.

Controla seu estilo de vida.

Causa noites mal dormidas.

Causa mais dívidas. Cria uma espiral para baixo.

Faz de você um pedinte, um mendigo.

(Se você vive mendigando por muito tempo, não vai demorar muito, você vai se considerar um mendigo!)

Faz com que você busque fontes duvidosas para ganhar dinheiro rápido, por conta do desespero.

É uma das maiores fontes de depressão.

Cria perspectivas pessimistas e negativas para a vida.

Faz que você passe a manipular ou enganar no seu Imposto de Renda. E depois torcer pra não ser pego pelo Leão.

Aborta sua criatividade para os negócios.

Causa discussões com o cônjuge.

"A vida no lar deixa de ser livre e linda no momento em que ela começa a depender de empréstimos e dívidas". (Henrik Ibsen, dramaturgo norueguês)

Causa separação e até o divórcio. (O casamento se torna insuportável quando as dívidas se estabelecem no lar).

É uma das fontes de suicídios.

A razão porque as pessoas ficam em dívida por muito tempo é porque elas nunca fizeram "um voto" para cancelá-las. Lembre-se: dívidas podem ser canceladas!

Cancelamento de dívidas é um processo gradual. Se você contraiu dívida há 12 anos, não espere cancelá-la em 7 dias!

Contua acima...

2 comentários:

Eufrosino disse...

Caro Pastor Félix É bom aprender co o irmao sobre a palavra do senhor, e sabendo que estamos num tempo que se faz mais dividas do que outra coisa qualquer esta palavra vem mesmo a calhar. que Deua abençoa o teu ministerio e sê contigo.

Pastoragente disse...

Graça e paz!
Andando por Blogs cristãos cheguei até o seu e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
Já estou te seguindo e aos poucos venho conhecer mais os seus textos.
Será uma honra te receber no pastoragente.blogspot.com, e se quiser segui-lo vai ser uma alegria pra mim.
No blog conto da forma mais realista e divertida possível as realidades, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
Fique na paz. Um abraço.